Battletoads – O maior problema dessa série de jogos

(TODO CONTEÚDO DESSE TEXTO PODE SER VISTO NO VÍDEO ACIMA)

Conhecido pela dificuldade, Battletoads é um jogo que me gera uma confusão mental. Não foi o primeiro jogo da Rare, a empresa que fez clássicos como Donkey Kong Country e Banjo Kazooie, porém foi o game que fez ela ser conhecida para o público geral, principalmente os de console.

Para quem não conhece, Battletoads é uma série de jogos naquele estilo Beat n up ou briga de rua, no qual você vai batendo em vários inimigos pela frente, porém esse jogo em questão é lembrado por uma dificuldade extrema. Já vou dizendo que vou falar sobre a série como um todo e não apenas do primeiro jogo de saiu para o nintendinho.

Não me levem a mal, eu sei porque as pessoas curtem essa série de jogos. Battletoads veio em uma época que grupos de personagens desse estilo estavam na moda. Tartarugas ninjas eram um sucesso em todas as mídias, inclusive nos videogames e Battletoads veio na mesma onda, com uma pegada um pouco mais dark, misturada com ficção científica. Para não serem processados por plágio, os heróis de Battletoads são sapos no lugar de tartarugas, o que rende a eles um visual bastante parecido. A grande diferença dos sapos brigões e as tartarugas ninjas é o carisma dos sapos. Eles são descoladões, às vezes usam óculos escuros e gostam de esculachar os inimigos. Eu achava um máximo enterrar os adversários no chão, deixando apenas as cabeças deles para fora, para depois dar uma bicuda e jogá-los longe. Partes do corpo deles aumentavam e mudavam de jeito bizarro, enfim uma receita para a molecada achar maneiro.

Também não dava para dizer que em termos de mecânicas os jogos da série Battletoads eram genéricos, muito pelo contrário, além de poder chutar inimigos e enterrá-los no chão, as fases eram variadas, com trechos em que você descia de rapel e pilotava diversos veículos. Pena que por causa do seus muitos defeitos, bastante gente não tenha nem ideia das possibilidades que esse jogo tinha a oferecer.

Sim, para mim, o maior problema de Battletoads é o que mais faz as pessoas lembrarem dele, que é e dificuldade extrema. “Nossa, Artur, não sabia que você era ruim nos videogames e ficava chorando por causa de dificuldade” é o que provavelmente muitos de vocês vão falar. Battletoads não é difícil, mas sim desonesto. Vamos pegar um jogo recente para comparar, que também é bem “casca grossa”, o Dark Souls, um game que é bem desafiador, porém totalmente justo. Todo o design dele é punitivo ao extremo, se você dar bobeira para um inimigo simples, será castigado horrivelmente, perdendo muito do que havia feito, entretanto toda vez que você morre, fica clara que a culpa não é do jogo e nem do design dele, mas sim de você que fez algum movimento na hora que não deveria. Diferente das fases dos carrinhos em Battletoads, em que as barreiras aparecem com tamanha velocidade que não dá nem tempo de reagir. É tão desonesto que tem uma fase da versão do nintendinho que só tem como passar se utilizar um bug.


Nem se comparado a bons jogos da época, que vieram anos antes de Battletoads, como Castlevania, a situação melhora. O clássico gótico do Konami pode ter uma jogabilidade meio travada para os dias de hoje, mas mesmo assim, ainda é justo, com desafios que quando você descobre como fazê-los e segue adiante no game, se sente recompensado, no lugar de ficar desgraçado da cabeça com quem pensou naquilo. Até Ninja Gaiden, por mais difícil que seja, não consegue ser tão desonesto. Tirando a versão do Arcade, se você perder todas as suas vidas nos demais jogos da série Battletoads, vai voltar para primeira fase e pronto.

O que me deixa mais triste com Battletoads é que pouca coisa precisaria ser mexida no design do jogo, para ele continuar desafiador, porém um pouco mais honesto como um sistema de passwords ou continue infinito.

Eu sei que muitos desses jogos antigos, a gente não jogava exatamente para chegar até o final, pois alguns deles eram difíceis a tal ponto, que simplesmente jogar as primeiras fases já era o suficiente, mas o potencial desperdiçado de ser um dos melhores jogos do estilo e ainda ter possibilidade de continuações até hoje, como os jogos das Tartarugas Ninjas, me fazem, talvez, desgostar dessa série mais do que ela deveria. Battletoads é muito mais do que apenas dificuldade extrema, mas falha ao mostrar isso para o jogador e só resta a esperança que caso a série volte algum dia, atualize a dificuldade desonesta que ela costumava entregar, mas sem ficar fácil demais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s