Final Fantasy VII Remake – Será que vai prestar?

(TODO CONTEÚDO DESSE TEXTO PODE SER VISTO NO VÍDEO ACIMA)

Anunciado em 2015, Final Fantasy VII remake é talvez o jogo mais esperado depois de Half Life 3. Para quem não conhece, Final Fantasy 7 foi um dos maiores títulos do Playstation 1 e é ainda hoje o mais popular da série. Os motivos disso são desde uma trama viciante, que toca em um assunto importante que é a ecologia, até personagens cativantes, sendo uma porta de entrada de várias pessoas aos rpgs japonês no mundo tridimensional, uma verdadeira revolução e um caso raro de trazer uma inovação tecnológica juntamente com uma boa execução.

Eu sei que tem uma minoria barulhenta que diz que esse jogo sempre foi uma merda por trazer personagens entre “emos” e simplificar os sistemas de batalha que tinha sido apresentado nos jogos anteriores, mas na minha opinião, o que muitos chamam de dramalhão, eu chamo de uma boa construção de personagens e a simplificação foi algo positivo, até para apresentar a série para novatos.

final-fantasy-vii-remake-001

Redendo vários jogos spins offs, filmes, HQs, anime, enfim, Final Fantasy VII uma verdadeira mina de ouro para a Square-Enix, sua produtora. Infelizmente esse jogo rapidamente ficou com gráficos datados, apesar de ainda ter uma história e mecânicas interessantes. Por esse motivo, desde a época do Playstation 2, rolam boatos que esse jogo seria refeito, mas nada da Square-Enix se pronunciar sobre isso. Na E3 de 2015, que é o maior evento de videogames do planeta, para surpresa de muitos, o remake desse clássico finalmente foi anunciado.

De lá para cá, pouco foi mostrado e muito se especula sobre ele. O que foi divulgado até agora é que o sistema de batalha parece ser algo parecido com Kingdom Hearts, porém um pouco mais estratégico para não desagradar os fãs antigos. Claro que isso pode mudar, pois esse sistema ainda está em desenvolvimento no momento da publicação desse vídeo.

Por ai já começa o primeiro problema: Final Fantasy VII remake tem grandes chances de não agradar muita gente. Não acredita? Então vou citar alguns motivos.

Algumas pessoas dizem que querem um jogo refeito, mas na verdade só querem o mesmo jogo antigo com gráficos atualizados. Além de vários depoimentos e entrevistas dizerem que o jogo não vai ser assim, se fosse seria um fracasso de venda. Convenhamos, Final Fantasy VII, apesar de ainda ser bom, não conseguiria competir com rpgs mais ambiciosos que são lançados hoje em dia, como Mass Effect. Poucos games de grande orçamento ainda saem com sistema de turnos e se esse jogo fosse apresentado com esse recurso, muita gente que pede por isso iria descobrir na hora que não é o que eles querem.

final-fantasy-vii-remake-002

Para outros que esperam uma ação desenfreada, ao estilo Kingdom Hearts, isso pode ser cumprido em parte, porém o que já foi revelado é que o jogo terá uma certa dose de estratégia no lugar se simplesmente apertar botões feito louco, o que pode desagradar aqueles que buscam por mais ação.

Ainda tem aqueles que esperam outra revolução, assim como o primeiro foi, o que dificilmente vai acontecer em um jogo que tem a difícil missão de tentar agradar todo mundo.

No meio de tudo isso, o que seria o ideal? Se eu soubesse disso, poderia vender a ideia por uma grana preta para a Square. O que posso dizer é como eu gostaria que fosse.

O sistema de batalha poderia ser algo tipo Bloodborne, só que mais fácil e bem mais rápido, porém ainda sim punitivo para quem se recusar a defender o esquivar. As matérias, que eram os objetos que equipavam em armas e davam opções de magia aos personagens, poderiam mudar um pouco. Várias matérias com um monte de magias diferentes poderiam ser trocadas por apenas uma que daria múltiplas magias e no lugar delas ficarem mais fortes, os personagens que aprenderiam como utilizá-las da melhor forma. Opções de lançá-las com projéteis ou atacar em área seriam boa ideias também, assim como acontece com as magias do Final Fantasy Type 0. Para equilibrar tudo isso, as armas teriam que ter menor espaço para armazenar esses artefatos.

Claro que tudo isso é apenas um sonho, pois vou agradecer bastante se esse game simplesmente não ter micro-transações, aquelas tentativas safadas de vender itens dentro do jogo, o que seria demais para o jogo que já não vai ser entregue de uma vez só, mas sim em episódios que irão ter fechamento, mas deixaram coisas em aberto como em uma trilogia de filmes, uma boa sacada da produtora de sentir como as pessoas vão reagir ao começo do game e ir arrumando nos episódios seguintes, além de ganhar uma grana a mais vendendo mais caro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s